MGF Solutions

Internet cresce no mercado imobiliário

O mundo está cada vez mais virtual e o mercado imobiliário não poderia ficar de fora dessa nova realidade. De acordo com levantamento de agentes do setor, uma venda usando a internet como meio pode fazer com que um imóvel fique 30% mais barato que a busaca tradicional. Mas é bom que alerte: a figura de um corretor de imóveis continua indispensável, pois é ele quem facilita todo o processo, da negociação ao fechamento do negócio, incluindo a burocracia da documentação.

É mais comum esse tipo de pesquisa por parte do potencial comprador quando se refere a estoque de construtoras e às ofertas de imobiliárias. O comprador tende a procurar conhecer antes o que o mercado tem a oferecer e, só depois dessa pesquisa, partir para uma negociação real. Quando se fala de lançamentos, a visita aos estandes ainda é o tipo de aproximação mais usual.

Inclusive, é esse aumento no estoque das construtoras que tem feito com que esse tipo de venda virtual seja maior. Segundo o Secovi-SP, na cidade de São Paulo, em junho deste ano o estoque era de 17 mil unidades, número que supera os 14 mil imóveis estocados no mesmo mês em 2011.

Nesse tipo de apresentação de unidades existem diversos modelos. Os portais do Grupo ZN são um modelo nesse sentido. Atualmente, são cinco portais, divididos por regiões, com imóveis de imobiliárias, terceiros, estoques de construtoras e, até, lançamentos nas zona norte, leste, oeste, Grande ABC e litoral paulista. Em breve também será lançado um espaço para a zona sul.

Pesquisas da empresa mostram que há espaço para divisões maiores, até para que futuros parceiros viabilizem, como outras divisões da região metropolitana de São Paulo ou mesmo interior. Ou seja, cada vez mais o outlet virtual de imóveis chama a atenção do comprador.

1 comentário em “Internet cresce no mercado imobiliário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *